Purê de batata doce

Por - Lilia e Ingrid  
Coluna - Na Cozinha da Maricota  

Olá mamães cozinheiras tudo bem com vocês? Hoje vim trazer uma receita especial, de purê de batata doce. Ingrid está/tem resistência a insulina então estamos passando por uma fase de readaptação alimentar e estou aberta a novas receitas e sabores.
Comprei uma revista com várias receitas sem açúcar e mais saudáveis. E quando eu me deparei com essa receita me deu uma vontade de experimentar.

Vamos pra receita? Ficou uma delícia
pirê de batata doce

Ingredientes:
- 5 batatas doces médias
- 100g de requeijão cremoso light
- 4 a 5 litros de água

Preparo:
Descasque as batatas, lave bem e pique-as em rodelas grossas. Coloque em uma panela de pressão grande. Cubra com água e tampe. Assim que começar a ferver conte 15 minutos e desligue o fogo. Deixe sair todo o ar, abra a panela de pressão e escorra toda a água. Amasse bem as batatas. Finalize juntando o requeijão. Misture bem e sirva.

Fiz ontem para a janta e foi super aprovado. Façam e voltem aqui pra me contar
Beijos!
Lilia e Ingrid
Comente pelo Blogger
Comente pelo Google+

10 comentários:

  1. eu não gosto de batata doce mas pra quem gosta
    vale a receita rsrrs
    Bjs!!

    Carlah Ventura
    Blog Intensa Vida

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro batata doce! Vou fazer e experimentar também!

    ResponderExcluir
  3. CLEO!
    UMA DELÍCIA!
    fAÇO AQUI EM CASA, MAS AO INVÉS DE ÁGUA, COLOCO LEITE E ALGUNS PEDACINHOS DE QUEIJO COALHA, FICA UMA DELÍCIA.
    CHEIRINHOS
    RUDY

    ResponderExcluir
  4. Um dia desses quando a preguiça deixar eu tenho que fazer
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi meninas

    Lamento mas não aprecio batata doce , mas conheço muitos que gostam , a receita é super facil .
    Beijinhos
    Deus abençõe

    Tudo Projetado Por Deus Relaxa ... Deus Tem Um Plano

    ResponderExcluir
  6. Amo batata doce e fiquei com água na boca com essa receita.

    ResponderExcluir

Quer mais? Aqui tem!

Copyright © 2013 Dona Maricota Feliz - Layout Personalizado por Giselle Carvalho
Subir